5 Skills de Excelência em Estagiários de Marketing Digital.

Categorias Conteúdo, Marketing Digital

O especialista no assunto, Daniel Goleman, define soft skills como “traços e comportamentos que caracterizam nossos relacionamentos com outros”. Ele também destaca que “habilidades como resiliência, empatia, colaboração e comunicação são todas competências baseadas na inteligência emocional e que distinguem profissionais incríveis da média”.

Encontramos no mercado jovens inteligentes, que sabem utilizar tecnologias e querem crescer e se desenvolver profissionalmente nas empresas, mas isso não é tudo. As soft skills são ainda mais importantes para quem busca cargos de liderança, pois as pessoas que se preocupam em desenvolver habilidades ligadas à inteligência emocional, tendem a criar espaços de comunicação aberta e assertiva, onde conseguem trazer novas ideias e soluções inovadoras.

Segundo Goleman, as soft skills permitem que a pessoa tenha foco, saiba colaborar, como se comunicar e consiga se auto motivar, motivando também seu time e seus colegas, e complementa: “conforme estruturas organizacionais evoluem e a globalização acelera, essas soft skills serão mais cruciais que nunca”.

Soft skills X Habilidades Técnicas

Há algum tempo, era normal que os recrutadores se baseassem quase que somente pelo conhecimento técnico dos candidatos, as hard skills, fazendo com que os profissionais focassem exclusivamente nas qualificações pertinentes às suas áreas de atuação. Era mais fácil a procura por candidatos fazendo a análise sob essa ótica pela possibilidade de mensurar seu conhecimento através dos diplomas, além de ser mais fácil identificar esses pontos no currículo. 

Criou-se, então, gerações de profissionais com muita bagagem de estudo e conhecimento específico para o seu nicho, que passaram grande parte de suas vidas buscando cada vez mais aperfeiçoamento técnico, porém sem a mesma preocupação no incentivo em desenvolver as soft skills e habilidades ligadas à inteligência emocional.

“As soft skills são um pouco mais difíceis de serem detectadas ou mensuradas, pois são habilidades ligadas ao comportamento e à capacidade do candidato de lidar com as emoções.” é o que comenta Diego Cidade, CEO e Fundador da Startup de Recrutamento e Seleção Academia do Universitário. “Essas skills podem ser desenvolvidas e lapidadas em uma pessoa, porém são muito mais sutis e mais complexas de serem ensinadas do que as habilidades técnicas.” 

A Academia do Universitário é especializada em recrutamento, seleção e desenvolvimento de estagiário, sendo um dos exemplos mais claros de abordagem de seleção por soft skills. A empresa desenvolveu uma metodologia onde valoriza e enfatiza essas soft skills durante o processo de seleção, com trilhas que tratam do assunto e conscientizam o estagiário sobre a importância do lado comportamental além da qualificação profissional.

O Mercado de Marketing Digital É Competitivo. Como Sobressair?

Atualmente o marketing digital se tornou uma das fontes mais importantes para que as empresas se mantenham no mercado.

Apesar da interrupção pela procura dos serviços de marketing no primeiro momento do cenário de isolamento, as agências notam que a procura por conteúdo online, e-commerce e consultorias aumentou significativamente.

Para Soraia Lima, doutora em Ciências da Informação pela USP e professora universitária na USP, PUC-SP, ESPM e Faculdade Cásper Líbero, o isolamento apenas evidenciou o que os profissionais já vinham falando: o digital deixou de ser uma opção e passou a ser uma necessidade, conforme ela fala em entrevista ao site Consumidor Moderno.

Quando nos baseamos nos estudos e opiniões recentes, vemos que o cenário atual do marketing digital está se mostrando promissor.

Confira As 5 Skills Que Empresas Buscam Em Estagiários de Recrutamento e Seleção:

✔ Resiliência

O mercado de marketing digital é bem competitivo, é preciso saber lidar com pressão e perdas de contas. Além disso, esse segmento está em constante mudança e evolução, exigindo que o profissional tenha garra e queira acompanhar esse ritmo para se manter afiado.

✔ Criatividade

A criatividade está ligada à capacidade de olhar para o mesmo ponto através de diferentes lentes e enxergar soluções inusitadas e fora do óbvio.

Fernanda Antonelli, Manager diretor Wieden+Kennedy São Paulo, disse em matéria para o site Meio & Mensagem que os profissionais mais criativos que ela conhece são os que têm referências da vida, experiências distintas, cultura geral e uma boa dose de curiosidade. “Eles fazem conexões diferentes justamente porque não fazem da propaganda ou do marketing as suas referências”.

✔ Empatia

A empatia é a capacidade de se colocar no lugar da outra pessoa.

Essa característica é muito importante para o marketing digital, principalmente em uma época onde as redes sociais têm tanto peso na imagem de uma marca. As campanhas precisam ser pensadas levando em conta as possíveis reações do público, ainda mais quando se trata de algum tópico polêmico ou voltado para um público que lida com algum tipo de preconceito no dia a dia.

Para que isso aconteça com eficiência, precisamos nos colocar no lugar da persona para a qual estamos direcionando a campanha e entender qual seria a sua reação diante da ação, evitando assim possíveis problemas para a marca.

✔ Pensamento analítico

O marketing digital é baseado em dados e performance. Sem dados não existe material para que as campanhas sejam elaboradas e acompanhadas e, para que a ação performe e atinja os níveis esperados, precisamos de profissionais que sejam orientados para resultados. Não adianta apenas pensar em uma campanha super criativa e não ter as métricas bem definidas e pensamento crítico para analisar os resultados. Criatividade e foco em resultados precisam andar lado a lado.

✔ Ser influenciador

Calma, não estamos falando aqui que você precisa virar um influencer digital.

Essa skill na verdade se trata de saber como persuadir e engajar o seu público e seu time. O seu público precisa ver valor na mensagem que está sendo passada, precisa fazer sentido para a sua persona.

Na visão do André Troster, head of planning da Wieden+Kennedy São Paulo, as lideranças por conhecimento estão dando lugar às lideranças por engajamento, ou seja, marcas que obtém maior engajamento se posicionam melhor no ranking de liderança no mercado.

Desenvolver Soft Skills Leva Tempo e Dedicação Continuada.

As soft skills podem e devem ser desenvolvidas, mas como são habilidades ligadas ao comportamento e relações interpessoais, elas requerem uma observação e trabalho contínuos, diferente de uma certificação em marketing digital, que pode ser feita em horas.

Por isso que, para empresas consolidadas, um bom programa de educação continuada se mostra como uma estratégia certeira para o desenvolvimento do time como um todo. O Marketing é dinâmico e as pessoas precisam se desenvolver o quanto antes neste setor.

*Artigo desenvolvido pelo nosso parceiro Academia do Universitário.

Graduada em Design de Interiores pela Universidade Veiga de Almeida, pós graduanda em Gestão Empresarial e Marketing pela ESPM e Product Manager pela Gama Academy. Atualmente, exerce a função de Product Manager na Academia do Universitário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *