Round 6: Quais lições a série traz para os profissionais de marketing?

Categorias Marketing Digital

Round 6 é o novo grande sucesso da Netflix. Se você ainda não viu a série, pelo menos já ouviu falar dela, visto que é um dos grandes assuntos do momento. Além de ter uma trama intrigante, para os profissionais de marketing, a série é extremamente interessante por outro motivo: as lições que ela pode trazer. 

É sobre isso que vamos conversar neste post. Continue lendo até o fim e confira 7 grandes lições de marketing que aprendemos com o nosso sucesso da Netflix

E se gostar do post, lembre-se de assinar a newsletter da M2BR Academy para não perder nenhuma novidade. 

O que é a Round 6? 

Se você ainda não viu, Round 6 é uma série sul-coreana que estreou no serviço de streaming no dia 17 de setembro. Com menos de um mês no ar, a série é um enorme sucesso de público, de crítica e de memes. 

O plot da série é simples: pessoas com dívidas são escolhidas para participar de jogos, com o vencedor recebendo uma enorme quantidade de dinheiro. O conceito é inspirado em ideias já conhecidas, mas as mensagens e a forma como a série conta sua história a tornou um enorme sucesso. 

Quais são as lições de marketing que aprendemos com Round 6?

Como profissionais de marketing, sempre olhamos para séries como essa com um olhar diferenciado. Qualquer conteúdo que captura o público de uma forma tão intensa merece ser estudado com carinho. Por isso, recolhemos sete grandes lições de marketing com a série. 

1 – Storytelling

Obviamente, o objetivo de qualquer série é contar uma história. No enredo do show de tv, o público acompanha o desenvolvimento da história, ao mesmo tempo que se identifica com os principais personagens. É por isso que a série tem um impacto tão grande. A combinação de um mundo e de uma trama interessante, com personagens com os quais o público realmente se importa. 

A série elevou ainda mais esse jogo criando uma história paralela na internet, complementando o conteúdo da TV. Isso ajuda a entender e se relacionar mais com o produto. 

Será que a sua marca não consegue criar esse storytelling? Desenvolver o produto principal, contando uma história que acompanha sua evolução que gera uma conexão com a audiência. 

2 – Memes

Se você ainda não está convencido do potencial dos memes, Round 6 talvez faça você mudar de ideia. Os memes são a forma mais ampla de comunicação na internet e são excepcionais em conectar pessoas com a marca e com a história. A série tem um tom dark e é bem violenta, mas ainda assim os memes com tom humorístico dominam a internet. 

Os memes têm um papel importante no storytelling. Elas levam o seu conteúdo para mais pessoas e atacam praticamente todos os gatilhos sociais. Quem compartilha o meme se sente bem pela “moeda social” que recebe em troca. Quem recebe o meme, não quer ficar de fora da piada. 

3 – Interação e conteúdo produzido pelos usuários

A Netflix é uma fonte de inspiração para qualquer profissional de marketing e, mais uma vez, deixa claro por que. A comunicação com o cliente nas redes sociais é muito forte, usando a mesma linguagem e aproveitando ao máximo possível os memes. A empresa compartilha memes, fotos, vídeos e qualquer conteúdo da série, mesmo indo totalmente contra a natureza do conteúdo. 

Além disso, reproduz prints dos comentários de usuários nas redes e publica reels no instagram sobre os personagens. Ou seja, não somente a interação com o público é forte, mas a repercussão do conteúdo criado pelo usuário o coloca no centro da conversa. 

4 – Divulgação

Tudo isso leva ao ponto mais importante, a divulgação. Por melhor que seja seu conteúdo, ou seu produto, nada adianta se ninguém o vê. Cada um dos elementos acima foi trabalhando de forma brilhante pelo o Netflix, para colocar o seu produto na melhor posição para ter sucesso: ser visto pelas pessoas. 

5 – Criatividade

Essa é uma lição importante sobre o conteúdo da série em si. Estudiosos dizem que Hollywood conta as seis mesmas histórias há 100 anos. Os mais pessimistas, dizem que nada é totalmente original, apenas adaptado e inspirado pelo que veio antes

Round 6 também é assim. Quem já viu a série sabe que suas referências são bem claras e, ainda assim, a série explodiu. Isso se aplica na sua empresa tanto em relação ao seu produto quanto a sua divulgação. 

A verdade é que você não precisa criar algo novo. É claro que se você conseguir isso é ótimo, mas você pode se inspirar no que já existe e fazer do seu jeito. A própria existência da Netflix é um exemplo disso. Ela não criou nada novo, já que séries e filmes sempre existiram. Eles apenas criaram uma forma mais eficiente de entregá-los. 

Na sua empresa, se inspire no que veio antes, combine ideias para criar algo “novo” ou entregue algo que já existe de uma forma melhor. 

6 – Nicho definido e público-alvo claro

Essa lição aborda dois temas que já mencionamos aqui no blog: o nicho e o público-alvo. Convenhamos, que Round 6 não é uma série para todo mundo. Primeiramente, é um produto coreano que, enquanto esse mercado cresceu bastante, está longe do mainstream das séries americanas. Além disso, é extremamente violento. 

Ainda assim, o sucesso da série é estrondoso. Isso ocorre porque a Netflix sabe exatamente quem é seu público. O público-alvo é aberto a esse tipo de conteúdo e a empresa sabe muito bem dialogar com ele. 

7 – Parcerias

Nos jogos do Round 6 os participantes usam uma estratégia bem interessante: cooperar. Fazer parcerias ajuda a se manter vivos pelo maior tempo possível, aumentando exponencialmente a sua chance de vitória. 

No marketing, parcerias podem ser tão impactantes quanto e aumentar muito suas chances de vitória. Com o marketing de influência, você pode ajudar um influenciador a crescer enquanto ele aumenta muito o alcance da sua marca. 

Round 6 é mais um sucesso do Netflix, não somente por ser uma ótima série, mas também pela estratégia de marketing que a empresa trabalha. Vale muito a pena ver ambos. 

Gostou do post? Então, assine a newsletter da M2BR Academy e fique por dentro de outras análises como essa! 

A M2BR Academy acredita na evolução do ensino pela realização prática do conhecimento teórico, por isso temos uma metodologia própria desenvolvida sobre PBL (Problem Based Learning), adotado pelas melhores escolas e cursos. Somos entusiastas e realizadores, assim como nossos parceiros e compartilhamos o saber para a formação de um mercado profissional, dinâmico, criativo e inovador dentro do segmento de marketing e mídia digital.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *