Marketing de afiliados: Conheça essa nova forma de ganhar dinheiro

Categorias Empreendedorismo, Marketing de Conteúdo, Marketing Digital

Você já ouviu falar no marketing de afiliados? Esse é um formato relativamente novo, que busca aproveitar a tecnologia e o comportamento do usuário moderno para ampliar muito o alcance de determinado produto. 

Se você quer trabalhar na internet, essa pode ser uma opção bem interessante. Portanto, continue lendo até o fim, tire todas as suas principais dúvidas sobre o marketing de afiliados e entenda como essa pode ser uma forma interessante de ganhar dinheiro.   

E se gostar do post, lembre-se de assinar a newsletter da M2BR Academy para conhecer ainda mais sobre o assunto! 

O que é marketing de afiliados e como funciona? 

O marketing de afiliados é uma relação comercial em que uma parte divulga os produtos de outra, levando a compras e recebendo uma comissão por isso. Portanto, é uma transação que envolve, normalmente, três partes: 

  • o produtor, a empresa ou pessoa que é dona do produto e que o está vendendo;
  • o cliente, que faz a compra;
  • o afiliado, que divulga para o cliente o produto;

Já o ciclo dessa transação também é extremamente simples: 

  1. O produtor lança o produto;
  2. O afiliado o divulga, da forma que julgar mais interessante, como veremos a frente;
  3. O cliente se interessa e compra por meio do link do afiliado;
  4. Esse link é totalmente rastreável, de modo que o produtor sabe qual afiliado trouxe aquele cliente;
  5. O afiliado recebe a comissão.

Quais são as vantagens do marketing de afiliados?

Esse processo é vantajoso para todos os envolvidos. Primeiramente, para os produtores, o alcance das vendas é muito maior, já que eles conseguem mais canais e mais público potencial, sem precisar gastar muito dinheiro ou muito esforço para isso. Além disso, os afiliados conseguem alcançar um público mais nichado, já que teoricamente, recomendam apenas aquilo que acham valioso para sua audiência. 

Para os afiliados, a maior vantagem é ganhar dinheiro, evidentemente. Entretanto, podem fazer isso sem o esforço de ter que criar um produto ou ter uma grande ideia. O retorno é resultado de uma relação de confiança cultivada com a audiência. 

Por fim, para o público é uma forma de receber recomendações de produtos com curadoria, já que os afiliados conhecem seus interesses e recomendam opções de qualidade.  

Quais são os formatos de divulgação?

Quanto aos canais de divulgação, depende muito do afiliado. A ideia por trás desse modelo é a construção de uma relação bem próxima com a audiência, de modo que ela confie nas recomendações que ele tem a fazer. Portanto, existem muitos canais pelos quais isso pode ser feito. 

Redes sociais

Extremamente comum, as redes sociais têm uma grande vantagem por conta do seu alcance. Facebook, Instagram, LinkedIn, Pinterest e YouTube, podem ser usados para fazer a divulgação dos produtos, para uma base enorme de seguidores. 

Blog ou site

Outro canal interessante é o blog ou site do afiliado. Geralmente, é um modelo com alcance menor do que as redes sociais, mas tem enormes vantagens como a liberdade editorial. Como permite escrever bastante texto, usar recursos visuais e até vídeos, você pode preparar argumentos de venda mais completos ou fazer reviews de diversos produtos. 

E-mail marketing

Outra opção muito interessante é o e-mail marketing, pois ela tem o contato direto como grande vantagem. Além disso, é uma ótima forma de construir um relacionamento no longo prazo. 

Como acontece a monetização?

Por outro lado, a motenização depende em grande parte dos produtores. São eles que decidem o formato que faz mais sentido de acordo com o tipo de produto, a estratégia e o objetivo geral. Conheça os principais. 

Custo por Venda

Nesse formato, o afiliado recebe dinheiro apenas quando o link leva a vendas. É uma opção que parece a mais vantajosa, mas nem sempre é o caso. Para o pequeno produtor, por exemplo, é uma ótima opção, pois garante que ele não será prejudicado e só paga quando receber. 

Custo por clique

Nesse modelo, o afiliado recebe sempre que o usuário clicar no seu link, levando a página de destino. Pode ser que o maior objetivo seja a visualização da mensagem e não necessariamente na compra, como em ações de branding. 

Custo por ação

Não é apenas a compra que é valiosa. Fazer um cadastro no site do produtor, pedir um orçamento também são opções interessantes que podem fazer parte da estratégia. Nesse caso, o custo por ação é a escolha ideal. Geralmente, é muito usado por produtores que querem encontrar leads

Custo por mil impressões

Com esse modelo, apenas a visualização é o suficiente. Para afiliados com muitos seguidores é uma opção, pois garante uma remuneração boa e recorrente. Por outro lado, para os produtores é mais voltado para a fixação da marca e não necessariamente para a venda. 

Como montar uma estratégia para afiliados?

A definição da estratégia depende de que lado você está, ou seja, se você é produtor ou afiliado. 

Para produtores

  1. Comece pela escolha do produto ou serviço. Existem diversas formas de encontrá-los, seja olhando para as suas próprias habilidades ou observando o mercado para criar algo que suplemente uma necessidade;
  2. Produtos digitais são os mais comuns, especialmente para os pequenos produtores. Eles são fáceis de produzir em massa e não tem um custo muito grande;
  3. Encontre os afiliados certos. Esse é, sem dúvida, o maior desafio. O nosso instinto é apenas olhar para os números básicos, como o número de seguidores, mas o mais importante é focar nas métricas de engajamento. Além disso, é preciso que você escolha um afiliado que tenha ligação com o seu produto, de modo que a sugestão faça sentido para a audiência.

Para os afiliados

  1. O primeiro passo para o afiliado é construir uma audiência. Da mesma forma que mencionamos acima, foque em engajamento e em criar uma relação de confiança totalmente genuína;
  2. Escolha os produtos certos, de modo que você tenha o maior potencial de conversão possível. Seu principal objetivo é gerar valor para a sua audiência, de modo que eles confiem nas suas recomendações para comprar novamente;
  3. Eduque a audiência, focando sempre em benefícios e nos problemas do público do que em funcionalidades e características do produto;
  4. Se for possível, o investimento em anúncios é uma forma de trazer ótimos potenciais retornos. Porém, como sempre, foque em segmentar muito bem os anúncios para audiência certa. 

Quais são as principais plataformas de afiliados?

Por fim, vamos listar algumas das principais plataformas de afiliados para você conhecer: 

O marketing de afiliados é uma opção bem interessante para ganhar dinheiro online. Entretanto, como não existe receita para ganhar dinheiro fácil, ele tem seus desafios. Por isso, é preciso se esforçar para criar uma audiência grande e engajada o suficiente para converter esse esforço em vendas. 

O que você acha do marketing de afiliados? Quer conhecer outras formas de converter uma audiência online em dinheiro? Então, assine a newsletter da M2BR Academy e não perca nenhum conteúdo! 

A M2BR Academy acredita na evolução do ensino pela realização prática do conhecimento teórico, por isso temos uma metodologia própria desenvolvida sobre PBL (Problem Based Learning), adotado pelas melhores escolas e cursos. Somos entusiastas e realizadores, assim como nossos parceiros e compartilhamos o saber para a formação de um mercado profissional, dinâmico, criativo e inovador dentro do segmento de marketing e mídia digital.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *