9 dicas de como atrair curtidas na página do Facebook

Categorias Marketing de Conteúdo, Mídias Sociais

Você sabe como atrair curtidas para sua página?

Atrair curtidas na página do Facebook é algo que exige dedicação, comprometimento e paciência. Não há truques nem macetes.

Por isso, se você busca por um “atalho” como a compra de seguidores e likes, vamos te mostrar por que isso não é aconselhável.

Comprar fãs, curtidas e qualquer outro tipo de interação não trará nenhum valor para sua página. Além de não ser verdadeiro, você provavelmente não conseguirá atingir a sua persona e ainda pode ser penalizado.

Se você busca uma forma de atrair mais curtidas para sua fanpage o segredo é: conteúdo relevante.

Vale a pena investir no Facebook?

O Facebook ainda é a rede social com maior público de todo o mundo. O site de Mark Zuckerberg:

–  é o terceiro mais acessado do mundo, ficando atrás apenas do Google e do YouTube.

– tem média diária de 1,52 bilhão de pessoas.

– tem 2,32 bilhão de pessoas ativas todo mês.

Isso falando de mundo. Trazendo para o Brasil, o Facebook:

– é o quarto site mais acessado, perdendo também para o Google, YouTube e Google Brasil.

– tem média diária de 93 milhões de pessoas ativas.

– tem 130 milhões de pessoas ativas mensalmente.

Ainda está se perguntando se realmente vale a pena investir no Facebook?

Os dados acima resumem o potencial de alcance da sua marca e o potencial de consumidores e clientes que existe na mídia social, criada em 2004.

Como atrair mais curtidas para sua página no Facebook?

Para atrair mais curtidas, você precisa do conteúdo certo para gerar mais engajamento e conversar com o público. Ser relevante é o segredo para atrair engajamento em qualquer rede social.

Vale ressaltar que o Facebook alterou a forma como ele gerencia os anúncios e conteúdos que vão aparecer no seu feed de forma orgânica. Se você não publicar algo que traga essa interação, em um primeiro momento, a chance de você aparecer vai diminuir drasticamente.

Resumindo, quanto mais interações, melhor você vai performar organicamente. Quando falamos de interações, não se trata somente de curtidas. Invista em posts que incentivem seu público a comentarem, compartilharem e marcar outras pessoas.

1. Crie conteúdo de qualidade e original

Sempre poste conteúdo original e de qualidade. Conteúdos que acionam o padrão de qualidade do Facebook são penalizados e fazem a página perder alcance.

Portanto, só compartilhe conteúdos relevantes e de páginas ou sites que façam sentido para seu público.

Muito cuidado também ao compartilhar notícias e acabar contribuindo para a desinformação e divulgação de fake news.

Divulgue também a produção de seu site ou blog, mas lembre que o Facebook sempre incentiva a produção de conteúdo original.

Se você compartilhar um link do YouTube, por exemplo, a entrega provavelmente será bem menor do que se você publicar o vídeo diretamente no Facebook, fazendo o upload direto do arquivo.

2. Poste conteúdo interativo

Crie posts que incentivem a interação. Peça para que as pessoas respondam a uma pergunta ou votem em uma enquete.

Só não vale “exigir” curtidas ou compartilhamentos. Deixe que o conteúdo por si só gere isso.

Anunciar novidades, criar enquetes, promoções, pequenos testes, entre outros tipos de postagem, irão naturalmente gerar mais engajamento.

Não acredite que o orgânico morreu, pois, é uma das grandes mentiras que te contam sobre as redes sociais.

3. Lives

Quer forma melhor de engajar com seu público? É uma maneira de interagir, tirar dúvidas e entregar, ao vivo, conteúdo relevante.

Além disso, será um conteúdo original e nativo do Facebook, com mais chances da entrega orgânica ser melhor do que um link que irá tirar o usuário da plataforma.

4. Vídeos

Como falamos, invista no marketing na rede social e na produção de conteúdo próprio. O Facebook vem investindo fortemente em sua área de creators, principalmente para a criação de vídeos originais.

5. Divulgue sua página

Lembre-se de deixar um link da fanpage e divulgar conteúdos em outras redes sociais, em seu site e até nos e-mails marketing. Não despreze também o uso de hashtags nos posts, com moderação, claro.

Facilite também o compartilhamento de conteúdos do site ou blog diretamente no Facebook. Quanto maior o alcance da sua página, mais chances de ter mais curtidas no seu conteúdo.

6. Melhore suas informações

Preencha os campos importantes na página, com informações do seu negócio, como endereço, telefone e e-mail de contato.

Faça também uma descrição completa e use palavras-chave certas, que vão ajudar o visitante a entender sobre o que é a empresa.

7. Não ignore seu público

Recebeu perguntas, elogios ou reclamações no inbox? Não ignore! Pode ser um cliente precisando de auxílio. Ou um consumidor, que pode vir a se tornar um cliente, querendo saber mais informações.

Mesmo as críticas são de extrema importância para sempre melhorar o produto ou serviço que sua empresa oferece.

O ideal também é não deixar que as pessoas esperem dias por uma resposta. Estabeleça um horário de atendimento e mantenha-se constante nesse contato com seu público.

A mesma regra vale para comentários em publicações e avaliações na página, não apenas em mensagens privadas.

E a qualquer sinal de crise, não fique tentado a seguir pelo caminho mais fácil e sair apagando todos os comentários negativos.

Valerá muito mais gerenciar e resolver o problema, do que simplesmente tentar escondê-lo.

8. Promova seu conteúdo

Promova o conteúdo criando anúncios da página ou impulsionando uma publicação. Os anúncios podem ser altamente segmentados.

Ao criar cada anúncio, é preciso definir um público. Esse público pode ser segmentado da seguinte maneira:

👍 Local: importantíssimo selecionar essa opção, principalmente se a empresa não for um negócio online ou que tenha entrega limitada a uma única região. Não adianta ser um restaurante do Rio de Janeiro aparecendo para moradores da Bahia, certo?

👍 Idade, gênero e idioma

👍 Públicos personalizados: pode ser criado de acordo com o público que interage na sua página, que interage com um post e até quem está na sua lista de e-mail.

👍 Públicos Semelhantes (lookalike): um subgrupo dos Públicos Personalizados. Essa é uma segmentação bem legal para encontrar pessoas que possuem características semelhantes ao seu público.

Para anúncios de oferta direta do seu produto ou serviço, por exemplo, sempre é melhor segmentar por:

→ quem interagiu com sua página e seus posts nas últimas semanas;

→ quem assistiu a pelo menos 75% de um vídeo com objetivo de vendas (isso significa que, se alguém assistiu a quase tudo, é bem provável que esteja interessado no produto);

→ quem visitou seu site ou carrinho nas últimas semanas.

→ Não esqueça também do Remarketing, ou seja, criar um anúncio específico para o público que abandonou o carrinho ou visitou a página de vendas e não virou cliente, por exemplo.

9. Invista em parcerias

Parcerias com outras páginas, em um estilo comarketing, e até mesmo com influenciadores são ótimas para alcançar um público maior.

Mas, lembre-se que o parceiro deve ser relevante para seu nicho, assim como você deve ser também para o nicho do parceiro.

Como fazer Facebook Marketing?

Você quer aprender tudo sobre Facebook para Negócios, Facebook Ads e Analytics para melhorar o alcance e engajamento da sua página?

Essa é a sua chance de participar do primeiro curso do Rio de Janeiro, chancelado pela Equipe do Facebook Brasil. Confira a próxima turma de Facebook Marketing da M2BR Academy!

A M2BR Academy acredita na evolução do ensino pela realização prática do conhecimento teórico, por isso temos uma metodologia própria desenvolvida sobre PBL (Problem Based Learning), adotado pelas melhores escolas e cursos. Somos entusiastas e realizadores, assim como nossos parceiros e compartilhamos o saber para a formação de um mercado profissional, dinâmico, criativo e inovador dentro do segmento de marketing e mídia digital.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *