Guia completo da carreira de analista de redes sociais

Categorias Conteúdo, Marketing Digital

Quem está começando na área de Marketing Digital, uma boa opção pode ser a área de mídias sociais. Essa é uma área em que costuma haver mais vagas disponíveis, inclusive para trabalhos como freelancer. Neste post, saiba tudo sobre analista de redes sociais.

Vamos começar explicando que um analista de redes sociais, ou de mídias sociais, não é a mesma coisa que um analista de mídia. O analista de mídia online é responsável pelo gerenciamento de campanhas em canais digitais. É papel do profissional de mídia entender os objetivos do cliente e traçar as melhores estratégias de anúncio para trazer rentabilidade ao negócio.

Já o profissional de mídias sociais cuida das redes como Facebook, LinkedIn, Instagram, Twitter, Pinterest, entre outras. A primeira coisa que todo profissional dessa área deve saber é: como cada rede funciona.

Parece óbvio, mas não é. Muita gente ainda cria um “post de rede social” e replica em todas, com a mesma arte e o mesmo texto. Isso está ERRADO! Cada mídia social tem a sua própria linguagem e seu próprio público. As pessoas se comunicam e se comportam de maneira diferente em cada uma delas.

O mínimo que cada marca, pessoal ou profissional, deve fazer é se comunicar adequadamente em cada rede. Não é tão difícil assim. Continua acompanhando esse post até o fim, que vamos revelar uma maneira de te ajudar nesse caminho.

O que é um analista de mídias sociais?

O que é um analista de mídias sociais?
Foto | Nikita Kachanovsky por Unsplash

O analista de mídia sociais deve conhecer cada uma das redes e saber se comunicar em cada uma delas. Esse é o requisito mínimo para atuar nessa área. Um profissional completo vai entender as oportunidades tanto de audiência quanto de negócio que surgem nesses meios.

Segundo o relatório Social Media Trends 2018, realizado pela Rock Content, 94,4% das empresas que responderam à pesquisa estão presentes nas redes sociais. Destas, 62% avaliam essas mídias como muito importantes para os negócios.

A rede mais utilizada permanece sendo o Facebook. O Instagram vem em seguida e foi a que teve o maior crescimento com relação a 2017. LinkedIn, Twitter, YouTube, Google Plus, Pinterest, Snapchat e outras fecham o ranking, por ordem de mais utilizada.

Como falamos, é função básica do analista de redes sociais conhecer cada rede e seu público. A pesquisa da Rock Content ilustra bem isso, revelando o público que é maioria em cada uma das mídias sociais.

Pesquisa da Rock Content ilustrada

A partir dessa rápida análise feita com os entrevistados da pesquisa, deu para perceber o quão diferente é a maioria do público em cada uma das redes sociais. Por isso é de suma importância que o profissional responsável por elas saiba “com quem está falando” ao fazer um post e interagir.

A parte de análise das métricas de cada uma é também uma das funções desse profissional. É a partir dessa análise que serão descobertos o público e a persona de cada rede, além de detalhes como melhor horário de postagem.

Embora existam pesquisas mostrando “qual é o melhor horário para postar nas redes sociais”, toda empresa deve ficar atenta aos seus próprios horários. Com as métricas de cada mídia é possível ver quais os momentos de pico de acesso do público daquela página e chegar a conclusão dos melhores horários para postar.

O que um analista de redes sociais faz?

  1. Produção de conteúdo para as mídias sociais.
    Produzir cada post, com textos adaptados a cada plataforma, imagens e vídeos também. Saber como se comunicar com o público de cada rede; saber usar hashtags e o quanto usar; memes; a linguagem de cada rede; tudo isso é necessário para quem trabalha nessa área.
  2. SAC 2.0 e monitoramento das redes.
    Trabalhar com redes sociais também é relacionamento com o cliente. Hoje você acha que as pessoas primeiro ligam para o SAC ou vão reclamar nas redes sociais? O profissional precisa saber responder o público adequadamente e lidar com as questões. Afinal, está ali representando a imagem de uma marca.
  3. Gerenciamento de crise.
    Nas redes sociais também surgem crises. Esse é um conhecimento bastante atrelado ao SAC e um bom profissional de mídias sociais deve ter jogo de cintura para lidar com as situações.
  4. Desenvolver relatórios.
    É papel desse profissional desenvolver relatórios sobre o desempenho de cada uma das mídias. Saber analisar os dados e dali tirar insights também é uma habilidade mais do que desejada nesse profissional.
  5. Planejamento de campanha.
    Embora aqui confunda-se com o analista de mídia online, o analista de mídias sociais precisa também ter conhecimento de campanhas nas mídias em que trabalha.

Em resumo, o analista de redes sociais planeja ações nessas plataformas; produz o conteúdo; monitora e interage com o público; produz relatórios e analisa os resultados.

Qual o currículo do analista de redes sociais?

É comum que o analista de redes sociais seja um profissional da área de Comunicação. Algumas vagas exigem experiência como diferencial, mas é comum encontrar a maioria das oportunidades para iniciantes.


Os perfis das vagas costumam exigir os seguintes requisitos:

  • Formação superior em Publicidade e Propaganda, Comunicação Social, Marketing, Jornalismo, Relações Públicas ou cursos correlatos;
  • Domínio da Língua Portuguesa;
  • Heavy user das redes sociais;
  • Conhecimento em criação e edição de conteúdos e imagens;
  • Noções de SAC 2.0 e monitoramento de redes sociais;
  • Conhecimentos em Google Ads, Facebook Ads, Youtube Ads, Instagram Ads, Linkedin Ads e Google Analytics;

Podem ser diferenciais ter noções de Marketing de Conteúdo e Marketing Digital; outros idiomas, principalmente inglês; criatividade; organização; saber fazer planejamento.

Quanto ganha um analista de mídias sociais?

Quanto ganha um analista de mídias sociais?
Foto | rawpixel por Unsplash

Em uma pesquisa na Love Mondays, de 298 salários postados, a média é R$2.319 mensais. Já a Catho informa como média o valor de R$1.748,85.

A média salarial varia bastante e depende do porte da empresa ou agência. Se você for freelancer, depende ainda de quantos clientes conseguirá administrar.

Como ser um analista de redes sociais?

Já citamos que um bom analista de redes sociais precisa conhecer a fundo cada uma das plataformas. Um grande diferencial é aquele profissional que acompanha as tendências e sabe aproveitar as boas oportunidades para criar conteúdos. Seja o meme da vez seja alguma nova funcionalidade anunciada pelas próprias mídias.

Esse profissional também precisa saber analisar resultados e ser data driven, ou seja, extrair dos dados as informações que precisa para direcionar seu trabalho. É preciso também gerar relacionamento com o público e saber como se comunicar. Criar engajamento é a palavra de ordem!

Dicas finais para a carreira de Mídias Sociais

Dicas para a carreira de Mídias Sociais
Foto | NeONBRAND por Unsplash

Se você está começando na carreira de Marketing Digital, essa pode ser a sua porta de entrada no mercado de trabalho. Além de ter bastantes vagas, principalmente para iniciantes, é uma área que permite que você trabalhe também como freelancer mais facilmente.

O social media pode criar suas próprias experiências, seja desenvolvendo um projeto próprio ou cuidado para um amigo ou familiar. O importante é ter sempre profissionalismo e sempre buscar um diferencial na sua carreira.

Para entender melhor de cada plataforma, nada melhor do que mexer. A parte de Ajuda de cada rede também traz dicas preciosas, além dos blogs de cada uma dessas empresas. Algumas plataformas oferecem também certificações online, muitas gratuitas, que vão ajudar na sua formação básica e inicial.

Alguns exemplos são Twitter Flight School, Hootsuite Academy Academy Hubspot. O Blueprint do Facebook também oferece treinamento na área de Ads para entender tudo da plataforma.

Na formação completa em Mídias Sociais presencial, você terá a oportunidade de ter contato com profissionais do mercado; outros novatos ou mais experientes; pode tirar as dúvidas na hora com os professores e aproveitar todos os insights para a sua carreira. Na M2BR Academy você tem essa oportunidade e a novidade, que citamos logo no início deste post.

Quer saber mais? Então confira abaixo o White Board Academy no YouTube com dicas valiosas do Ricardo Marsili, diretor executivo da M2BR Academy e assista também a Live que aconteceu em nosso Facebook, com Gabriel Burgos, gerente de social media da Agência M2BR e Youssef Abrahão, executivo de vendas do Academy.

Quer saber tudo sobre como ser um Analista de Mídias sociais? Estamos AO VIVO para tirar suas dúvidas!

Publicado por M2BR Academy em Terça-feira, 11 de setembro de 2018

A M2BR Academy acredita na evolução do ensino pela realização prática do conhecimento teórico, por isso temos uma metodologia própria desenvolvida sobre PBL (Problem Based Learning), adotado pelas melhores escolas e cursos. Somos entusiastas e realizadores, assim como nossos parceiros e compartilhamos o saber para a formação de um mercado profissional, dinâmico, criativo e inovador dentro do segmento de marketing e mídia digital.

2 ideias sobre “Guia completo da carreira de analista de redes sociais

  1. Que texto bom! Quanto conteúdo de relevância a M2BR Academy vêm produzindo. Mesmo depois dos cursos, a gente continua sendo aluno. Nota dez, nota dez!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *