Entenda as diferenças entre SEO, Copy, Conteúdo e Texto Publicitário

Categorias Conteúdo, Marketing de Conteúdo, Marketing Digital, SEO
Como escrever textos com palavras chaves e ranquear com SEO

Há algumas semanas postamos um conteúdo sobre copywriting, com dicas essenciais para o copy perfeito. No post, abordamos rapidamente a diferença entre copywriting e SEO, além das outras formas como um profissional de marketing usa as palavras. 

Se esse assunto te interessa, este post é essencial para você. Vamos apresentar todas as diferenças entre copywriting, marketing de conteúdo, texto publicitário e SEO. Também vamos mostrar quais são as habilidades importantes para quem quer escrever no marketing. 

E se gostar do post, lembre-se de assinar a newsletter para aprender tudo sobre o marketing digital! 

O que é SEO? 

SEO, Search Engine Optimization ou Otimização para Motores de Busca, é um conjunto de técnicas que ajudam a posicionar cada vez melhor o seu conteúdo nas buscas. 

Do ponto de vista da escrita, estamos falando basicamente sobre on-page SEO. Existem diversos fatores que contribuem para o ranqueamento tanto dentro da página — como a escrita, as imagens e muito mais — quanto fora, como os links. Ou seja, quando você está escrevendo um post, existem técnicas que podem ajudar você a ranquear melhor. Entre as mais comuns estão: 

  • usar a palavra-chave no início do post;
  • ter um título atraente e que contenha a palavra-chave;
  • dividir o texto em subtítulos;
  • usar a palavra-chave ao longo do post, mas sem forçá-la.

O que é Copywriting? 

Copywriting é uma estratégia de escrita que leva o leitor a fazer uma ação específica, como vimos no post sobre o assunto. Também existem diversas técnicas que ajudam você a escrever bem, como: 

  • criar um título forte;
  • usar tom e linguagens que sejam simples para o usuário;
  • trabalhar elementos que facilitam a leitura;
  • ter argumentos eficientes e convincentes;
  • finalizar com um CTA para ação que você quer. 

O que é UX Writing? 

Também conhecido como Microcopy, o UX Writing é a escrita pensando no espaço disponível de design da interface. Por exemplo, os botões e os menus de um site ou um aplicativo. Mas, o conceito de UX Writing pode ser expandido para qualquer tipo de escrita. Ou seja, você sempre está pensando na escrita com foco na experiência do usuário. 

O que é o texto publicitário?

O texto publicitário envolve a criação de uma peça com o objetivo de persuasão. Por exemplo, é usado para criar comerciais de televisão, anúncios online e offline, spots de rádio e muito mais.

O que é o marketing de conteúdo?

Semelhante ao anterior, esse conceito é estratégico, envolvendo a produção de conteúdo rico de modo a fortalecer o relacionamento das pessoas com a marca.

Qual é a diferença e a relação entre esses conceitos? 

Dentre esses conceitos, os que mais se destacam são o texto publicitário e o marketing de conteúdo, já que são mais estratégicos. 

o copywriting, UX Writing e o SEO estão bem próximos. Afinal, como vimos acima, muitas das técnicas abordam temas semelhantes. Para entender bem essa relação, vamos a origem de tudo: o Google. 

Quais são os critérios de rankeamento?

O Google, e qualquer outro motor de busca, não revela totalmente seu algoritmo de ranqueamento. Ainda assim, sabe-se muito bem os critérios para tal por meio de testes ou dicas que a própria empresa dá. Focando no on-page, os robôs acompanham métricas como: 

  • taxa de rejeição;
  • tempo de permanência na página;
  • tempo de navegação;
  • compartilhamento nas redes sociais;
  • taxa de clique e muitas outras. 

O Google evoluiu bastante ao longo dos anos, deixando de focar em palavras-chave. Por muito tempo, lotar o seu texto de palavras-chave foi uma ótima técnica, pois era só isso que o motor de busca olhava. Agora, ele é muito mais sofisticado e prioriza páginas que respondem às dúvidas do usuário. 

O problema é que as pessoas querem muita informação dada de uma forma eficiente. De maneira simples, o SEO ajuda as pessoas a encontrarem o que precisam, enquanto o UX ajuda a responder essas questões de forma eficiente. 

Como aplicar técnicas de UX e copywriting no SEO? 

Existem duas informações que todo copywriter precisa ter: 

  • os usuários não leem o post todo;
  • os usuários não leem palavra por palavra, eles usam o skimming para passar o olho no texto. 

Com esses conhecimentos, fica mais claro como aplicar UX no SEO. Por exemplo, os subtítulos ajudam a quebrar o texto, enquanto negritos e listas ajudam a entregar a informação mais facilmente. 

Textos maiores tendem a converter melhor, pois o Google entende que quanto mais informação melhor. Por outro lado, textos muito grandes podem “encher linguiça”, prejudicando a experiência do usuário ou dificultando encontrar a informação que ele quer. Se uma pessoa não acha o que quer rápido, ela simplesmente abandona seu site pois vai achar facilmente em outro lugar. 

Com isso tudo em mente, voltamos ao copywriting. Se é isso que você quer fazer, como vai convencer o seu cliente a tomar a ação que você quer se ele não encontra o seu conteúdo, Ou se encontra e não lê? 

É por isso que todos os conceitos influenciam uns aos outros e o conteúdo. Então, vamos finalizar com algumas técnicas que combinam SEO, UX e Copywriting: 
  • Descubra a intenção do usuário ao fazer determinada pesquisa e priorize essa resposta;
  • Cubra tópicos de forma extensa, respondendo todas as possíveis perguntas, mas sem se repetir;
  • Faça uma pesquisa profunda e cite apenas fontes confiáveis;
  • Use a linguagem mais simples e direta possível, mesmo em nichos considerados complicados. Naturalmente, as pessoas querem informação direta e simples;
  • Trabalhe a linguagem que sua audiência usa. Por exemplo, se você tem um blog de direito a linguagem é bem diferente se o seu público-alvo são advogados ou leigos;
  • Crie um conteúdo estruturalmente lógico, entregando informações de forma que faça sentido;
  • Lembre-se das técnicas para deixar o conteúdo mais agradável de ler, como listas e negrito;
  • Considere quem está nas primeiras posições para determinado termo e faça melhor;  

A relação entre UX, SEO e Copywriting é cada vez mais simbiótica. É impossível para um profissional conhecer apenas um dos conceitos, especialmente considerando que as principais técnicas pegam emprestado ideias dos outros. Portanto, se você quer ser um copywriter completo, precisa conhecer bem cada um deles. 

Gostou do post? Então assine a newsletter da M2BR Academy para receber ainda mais dicas de copywriting! 

A M2BR Academy acredita na evolução do ensino pela realização prática do conhecimento teórico, por isso temos uma metodologia própria desenvolvida sobre PBL (Problem Based Learning), adotado pelas melhores escolas e cursos. Somos entusiastas e realizadores, assim como nossos parceiros e compartilhamos o saber para a formação de um mercado profissional, dinâmico, criativo e inovador dentro do segmento de marketing e mídia digital.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *