7 dicas para aproveitar a Black Friday

Categorias E-commerce

Você provavelmente já sabe como a Black Friday é importante, não somente para as empresas do varejo, mas de qualquer setor. Neste ano, a data talvez tenha um peso ainda maior, com o mundo se recuperando das consequências da COVID-19. Afinal, um dos efeitos da pandemia é familiarizar ainda mais as pessoas com o processo de compras online. 

Neste post, vamos aproveitar a data para trazer 7 dicas para você vender mais na Black Friday

E se gostar do conteúdo, lembre-se de assinar a newsletter da M2BR Academy para não perder nenhuma das nossas dicas! 

Qual é o impacto da Black Friday?

Antes das dicas, apenas um contexto. A Black Friday já é a data de mais vendas para o varejo. Em 2020, as vendas da data bateram mais de R$ 4 bilhões, apenas nos dois primeiros dias, um crescimento de 25% em relação ao ano anterior. 

Em 2021, a expectativa de vendas é semelhante à de 2020. Mesmo com a reabertura gradual das lojas físicas, o ambiente online ainda fornece suas vantagens. Além do mais, como mencionamos, a pandemia fez com que o público abraçasse ainda mais esse modelo

7 dicas para vender mais na Black Friday

Com esses números em mente, vamos às dicas. 

1 – Faça o esquenta e se planeje

A Black Friday não começa na sexta-feira em si. Na verdade, ela não começa nem mesmo na semana anterior. O público já está na expectativa da data especial e você pode, e deve, aproveitar o “hype”. 

Primeiramente, você precisa se planejar muito bem. Defina muito bem os seus descontos, encontrando o equilíbrio entre o que é realista para a sua margem e que será atrativo para o público. 

Se você for oferecer frete grátis ou algum outro benefício em relação a ele, a logística também precisa fazer sentido. 

Por isso, a Black Friday acontece em três momentos: 

  • o planejamento estratégico e de marketing; 
  • a criação e divulgação das campanhas 
  • as vendas em si. 

Por isso, é preciso começar bem cedo. 

2 – Fique de olho no seu estoque

Apesar de a Black Friday já existir há algum tempo, ainda existem suas armadilhas. Uma das maiores é o estoque. Imagine do ponto de vista do cliente, que está animado para comprar o produto preferido por um valor bacana. Sempre é uma experiência ruim quando o cliente não encontra o que quer no estoque, na Black Friday, isso é ainda mais grave. 

Por outro lado, existe a armadilha de superestimar as vendas e ficar com o estoque parado. Um grande foco do seu planejamento é nessa logística. Faça uma comparação com vendas em anos anteriores para estimar a movimentação e acompanhe bem de perto para saber se você precisa ser mais agressivo. 

3 – Cuidado extra com o atendimento

É natural: quanto mais clientes comprando e mais atendimentos, a qualidade pode cair. Isso não pode acontecer de jeito nenhum. Já discutimos aqui no blog a importância da experiência do consumidor na relação com a sua marca, especialmente no longo prazo e a Black Friday reforça isso. 

Muitas pessoas exploram novas lojas na Black Friday, para aproveitar os preços e as condições extras, e uma boa ou má experiência pode afetar sua relação com o público por muito tempo. Um cliente encantado nessa data, tem mais chances de voltar no futuro. 

4 – Trabalhe muito bem o remarketing

Se você não faz remarketing, vale a pena fazer normalmente. Na Black Friday, isso é essencial. Afinal, a taxa de carrinhos abandonados tende a crescer nessa época. Existem diversos possíveis motivos para isso. Por exemplo, pode ser que o cliente ainda esteja procurando ofertas ou está abrindo muitas promoções ao mesmo tempo. 

Você pode aproveitar esse comportamento com o remarketing para ter mais algumas vendas extras. Por exemplo, ofereça um desconto mais vantajoso ou apela para o senso de urgência, como um produto que está próximo do fim do estoque. 

5 – Lembre-se das compras mobile e facilite o pagamento

A cada ano o público está mais preparado para comprar usando o mobile e esse ano não é diferente. Por isso, você deve deixar a sua interface simples e garantir que ela cabe na tela melhor do celular. Além disso, um site rápido não trava os celulares que não são topo de linha. Uma boa dica é pensar no mobile primeiro e depois pensar no desktop. 

Por que isso é importante? Por exemplo, a popularização do Pix facilita ainda mais o processo. É só pegar o código da loja e colar no app do banco. 

Falando nisso, quanto mais condições de pagamento você oferecer melhor. O boleto e o cartão de crédito ainda são muito fortes, mas o Pix vem crescendo em popularidade. 

6 – Faça brindes e recompensas 

Essa é apenas uma ideia, mas o conceito maior é o famoso momento Uau! É aquele momento em que o cliente recebe o produto e fica tão encantado que, literalmente, fala “Uau!”. Se o atendimento de qualidade é importante para que ele tenha uma boa importância, esse momento é ideal para conquistá-lo. 

Você pode trazer um brinde extra, uma recompensa ou até mesmo uma cartinha feita a mão. Demonstre carinho para o cliente, combinado com um produto forte, que o carinho será retornado para você. 

7 – Prepare tudo que você vai precisar no dia a dia

Se você fizer ações específicas de Black Friday, provavelmente precisará de alguns recursos de marketing. Por exemplo: 

  • Crie uma landing page específica para a ocasião, reforçando seus produtos de destaque;
  • Reative sua base de e-mails, se você as tiver, com ofertas específicas da black friday;
  • Prepare uma verba e peças para anúncios online, com investimentos mais ou menos agressivos conforme o volume de vendas;
  • Não se esqueça dos anúncios de remarketing e dos e-mails;
  • Envolva (muito) suas redes sociais. Crie uma identidade visual única para mostrar a grandiosidade do evento, crie um evento de fato e interaja com o público na sua repercussão;
  • Se você tem um aplicativo, incentive que o público o acesse e trabalhe notificações específicas. 

Como ficou claro, é preciso preparar bastante coisa. Por isso é tão importante planejar com antecedência. 

As mudanças que a Black Friday trouxe para o mercado são vistas a cada ano. Desde o início da pandemia, o público abraça cada vez mais a data. Por isso, é tão importante se preparar muito bem para ela. 

Gostou do post? Então, assine a newsletter da M2BR Academy e não perca nenhuma novidade. 

A M2BR Academy acredita na evolução do ensino pela realização prática do conhecimento teórico, por isso temos uma metodologia própria desenvolvida sobre PBL (Problem Based Learning), adotado pelas melhores escolas e cursos. Somos entusiastas e realizadores, assim como nossos parceiros e compartilhamos o saber para a formação de um mercado profissional, dinâmico, criativo e inovador dentro do segmento de marketing e mídia digital.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *