Você conhece a Metodologia Scrum? Saiba como aplicá-la no Marketing

Categorias Conteúdo, Marca, Marketing Digital

A metodologia Scrum é uma das mais populares atualmente quando o assunto é o mindset ágil. É bem provável que você já tenha ouvido falar nesses termos, pois eles vêm cada vez mais sendo difundidos no mercado. Afinal, quase toda empresa quer se tornar mais ágil e eficiente, e o Scrum é um caminho para fazer isso de maneira organizada.

O Scrum surgiu no desenvolvimento de softwares, mas rapidamente se espalhou por diversos outros setores, inclusive o marketing, por se encaixar muito bem na rotina caótica e na mentalidade de projetos do setor. Então, continue lendo este post e entenda o que é a metodologia Scrum e como ela pode ser aplicada no marketing.

Se gostar do post, assine a newsletter da M2BR Academy para ficar por dentro de tudo que acontece no universo do marketing.

O que é a metodologia Scrum?

Scrum é uma metodologia do mindset ágil, criada nos anos 90, com o objetivo de organizar a gestão de projetos de maneira mais eficaz. O termo surgiu baseado no Rugby, um esporte não muito conhecido no Brasil, mas bem popular em países como a Inglaterra. A ideia era mudar a visão que as pessoas tinham da gestão de projetos.

Durante muito tempo, o modelo mais adotado era o cascata. Mantendo a analogia do esporte, esse modelo pode ser pensado como uma prova de revezamento. Cada um faz a sua parte apenas quando o anterior completa a dele. É um modelo que, apesar de ter perdido um pouco a força, ainda é necessário em situações específicas. Porém, em diversas outras, ele é ineficiente. Por que os outros colaboradores precisam esperar o anterior terminar a sua parte?

O Scrum lembra mais um jogo de rugby, ou até o nosso futebol, por ser uma partida mais fluída. Os jogadores atuam em conjunto, avançando e recuando conforme a necessidade. Ninguém fica parado e enquanto um está com a bola os outros se posicionam melhor para recebê-la.

Logo, o Scrum mudou pensamentos e comportamentos que eram prevalentes no modelo cascata. Por exemplo:

  • Pessoas e interações são mais importantes que processos e ferramentas;
  • Ter o trabalho feito é mais importante do que documentar o processo;
  • Colaborar com o cliente é mais importante que negociar contratos;
  • A capacidade de se adaptar é mais importante do que se manter rígido no plano.

Quais são os principais elementos do Scrum?

Para organizar esses objetivos, o Scrum é dividido em diversos elementos. São basicamente três grandes componentes que o formam, a equipe, a estrutura principal e os eventos.

A equipe dentro da metodologia Scrum

A equipe é um dos pontos de maior atenção para quem quer implementar a metodologia Scrum. Afinal, um dos dogmas acima diz que ela é mais importante do que praticamente qualquer coisa. Ela também é dividida em três partes.

O scrum team é a equipe em si, os profissionais que colocam a mão na massa e fazem a tarefa acontecer. Dentro de uma equipe de marketing podem ser os redatores, designers, profissionais de mídia, analistas de dados e diversos outros. O importante é que a equipe seja bem diversificada. Ou seja, os profissionais têm habilidades que se complementam.

Gerenciando a equipe existe o Product Owner, que é responsável por entender as demandas e organizar a sua execução. Existe apenas um por projeto, e é ele quem tem a aprovação final. 

Já o Scrum Master trabalha fazendo o elo entre a equipe e o PO, sendo o responsável por remover obstáculos na hora de fazer o trabalho.

A estrutura principal do Scrum

Uma das características mais interessantes do Scrum é a forma como ele é organizado. Primeiramente, existe uma grande lista com tudo que deve ser feito, conhecida como Backlog. O product owner é responsável por organizá-la, além de definir a prioridade nas execuções.

Falando nisso, o trabalho é feito em um modelo de sprint. Ou seja, pequenos ciclos que duram por volta de duas semanas, podendo variar de acordo com o trabalho e o tamanho da equipe. Cada vez que um ciclo se encerra, é feito um planejamento para o próximo, além de uma revisão do que deu errado ou certo nas anteriores.

Os principais eventos do Scrum

Durante uma sprint, existem diversos eventos que ocorrem na sua duração. Por exemplo, o planejamento da sprint é quando o PO e a equipe se reúnem para discutir a próxima etapa. Nesse momento, a equipe tira todas as dúvidas e as tarefas mais importantes são tiradas do backlog geral, para o backlog da sprint.

Quando o processo termina, ocorre a revisão da Sprint. O objetivo é discutir em detalhes a sprint, quais as tarefas foram executadas e quais as que retornam para o backlog. Também é importante entender como foi o andamento do trabalho, se existe algo que pode ser feito para melhorar sprints futuros.

Por fim, uma das marcas do Scrum são as daily meetings. Essas são reuniões diárias de alinhamento. Geralmente, não ultrapassam os 15 minutos de duração e o objetivo é garantir que todos saibam o que os outros estão fazendo. Então, durante as reuniões, cada membro da equipe deve responder três perguntas:

  • Existe algo que atrapalhe o sucesso da sprint?
  • O que eu fiz ontem que ajudou na conclusão da sprint?
  • O que eu farei hoje para ajudar na conclusão da sprint?

Como implementar a metodologia Scrum no marketing?

Como mencionamos acima, o Scrum se encaixa muito bem na rotina do marketing de uma empresa ou de uma agência. Por exemplo, para o departamento de uma grande organização, pode ser uma forma de organizar a equipe para planejar grandes campanhas. Imagine que você está fazendo uma campanha de Black Friday. O Scrum pode ajudar a planejar e organizar isso desde cedo, para que o resultado saia a tempo sem a necessidade de ficar enlouquecendo próximo à data.

Para uma agência a ideia é a mesma. Podem existir diferentes células de equipes para cada conta, ou para conjunto de contas, dependendo do tamanho. O objetivo é fazer adaptações do conceito geral do Scrum para a sua empresa ou agência.

A metodologia Scrum tem cada vez mais se difundido pelo mercado. Diversas empresas estão se adaptando a esse modelo, inclusive com cada vez mais procura por profissionais que podem atuar como Product Owner e Scrum Master e ajudar a implementar essas soluções.
Gostou do post? Então, assine a newsletter da M2BR Academy para ficar por dentro de todas as novidades!

A M2BR Academy acredita na evolução do ensino pela realização prática do conhecimento teórico, por isso temos uma metodologia própria desenvolvida sobre PBL (Problem Based Learning), adotado pelas melhores escolas e cursos. Somos entusiastas e realizadores, assim como nossos parceiros e compartilhamos o saber para a formação de um mercado profissional, dinâmico, criativo e inovador dentro do segmento de marketing e mídia digital.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *