Como aprender marketing digital rapidamente?

Categorias Artigos, Conteúdo
Aprender marketing digital rapidamente

Eu pensei bastante se devia ou não escrever esse texto. É complicado abordar um assunto controverso, que mexe com os interesses de um setor econômico inteiro, quando se é o diretor de uma empresa que pode vir a prestar serviço para algumas delas. Enfim, o título talvez tenha ficado um tanto pretensioso, mas eu precisava chamar a sua atenção até aqui.

Estou perdoado, certo?

O que as empresas procuram ao contratar?

Você já está acostumado com as exigências padrão. Elas existem no mercado há muito tempo e, claro, ainda são importantes: formação, idioma, experiência. Mas será que isso é tudo? Não tem algum jeito de se destacar?

Baseado em minha vivência como dono de empresa, somada a horas e horas de conversas com outros empresários, listei alguns pontos interessantes, que podem te ajudar:

Mostre interesse pela vaga

Qualidade sempre é melhor que quantidade. No seu primeiro contato com a empresa, mostre de forma sutil que você estudou sobre ela e que está alinhado a seus valores. Cite clientes, cases, premiações. Enfim, mostre que fez seu dever de casa.

Atitude correta em tempos de descrença nos Millennials

Demonstrar paixão pelo que faz é um grande diferencial. Para melhores resultados, projete uma imagem responsável e comprometida.

Não culpe os outros pela sua falta de experiência na área

Você não depende mais de outras pessoas para ter sua experiência no mercado digital. Crie seu próprio blog, faça um site gratuito, venda algum produto pela internet. Apareça para o seu mercado e construa um case próprio, mesmo que de pequenas proporções.

Faça amigos

Indicação ainda é um método muito poderoso para conseguir alavancar sua carreira. Procure ter contato com pessoas que atuam em seu mercado. Basicamente, cultive seu networking desde cedo.

Use a juventude a seu favor

Estar por dentro das novidades e alinhado com a tecnologia é uma das grandes vantagens dos mais jovens hoje em dia. Faça disso um dos seus pontos fortes.

Aprenda a FAZER alguma coisa

Hoje em dia não adianta mais falar ou conhecer superficialmente um tema ou ferramenta, principalmente no início de carreira. Você precisa gerar resultados práticos com seu conhecimento.

Boa parte do que você aprende na escola não serve para nada 🙁

Quem nunca teve essa sensação? Começa ainda na escola e, infelizmente, nos acompanha mais vezes do que gostaríamos em toda a nossa trajetória acadêmica. Temos esperança de que isso vá melhorar na faculdade ou pós-graduação. Sinto muito lhe informar, mas isso não vai acontecer.

Hoje não nos contentamos com o conhecimento pelo conhecimento. Precisamos de contexto, interação, engajamento e propósito. Necessitamos enxergar uma aplicabilidade clara para aquele investimento de tempo. Aprender precisa ser tão interessante quanto assistir a uma série no Netflix ou a um vídeo no YouTube. O seu cérebro e o seu coração precisam achar que aquele conteúdo é relevante para você de alguma forma.

Você pode me responder, com sinceridade, qual foi a última aula tradicional que despertou esse interesse em você? Qual foi a última vez que uma aula te inspirou a ponto de transferir um conhecimento da memória RAM da sua cabeça para o seu HD?

O problema está com as faculdades? Acredito genuinamente que não. As regras do MEC são rígidas e se torna muito complicado tornar os cursos atualizados e condizentes com o mercado de trabalho. Os professores ainda têm uma grande resistência a implementar novos métodos em sala de aula. Afinal, é tudo muito novo para eles também.

Como eu faço para aprender habilidades relevantes para o mercado digital?

Hoje a informação é de fácil acesso. Gratuitamente, você consegue absorver boa parte do que precisa para dominar um assunto ou habilidade. O problema é que, mesmo com toda a informação do mundo disponível, aprender nem sempre é tão fácil. Se fosse uma coisa trivial, todos os brasileiros saberiam falar inglês, concordam?

Você pode optar por consumir conteúdos pagos. Apesar do investimento financeiro, existe a grande vantagem da estruturação do conhecimento e do suporte do professor e/ou da comunidade. Como exemplo, você poderia comprar um curso na Udemy ou Udacity ou então comprar um audiolivro no Audible ou no Ubook.

Além das aulas presenciais expositivas, que têm o seu valor, eu gosto muito do conceito de aulas intensivas. Não tem nada melhor para aprender do que vivenciar uma situação de forma constante e intensa, aplicando todo o aprendizado em situações práticas e pensadas para fixar essas habilidades.

É como um simulador de voo: cenários e obstáculos reais aparecerão e todos terão que usar realmente na prática tudo o que aprenderam.

Para quem mora no Rio de Janeiro, uma excelente opção é o trabalho desenvolvido pela M2BR Academy. Atualmente a escola conta com um curso de formação em Google Marketing e outro curso de formação em Mídias Sociais.

E ai? Alguma outra indicação de método ou cursos?

CEO do Grupo M2BR, ex-diretor de cursos e eventos da Abradi-RJ, formado em Administração pela PUC e pós-graduado em Marketing pela FGV. Ricardo atua há mais de 12 anos no mercado de marketing digital em projetos com clientes como: TAM, NET, FGV, Essilor, O Globo, JW Marriott, Windsor, Ricoh, Unimed, Bodytech e SuperPrix. Atualmente uma de suas missões é ajudar a educar o mercado carioca através da escola de marketing digital M2BR Academy, que já treinou mais de 1.500 alunos em 2 anos de existência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *