Os videntes 2.0

Em uma das minhas muitas madrugadas (im)produtivas, momento que construo a base do meu conhecimento (in)útil, me deparei com matérias e discussões digitais sobre o uso correto das redes sociais. Em uma opinião pessoal, acredito que cada um deva usar a internet da maneira que achar melhor, mas é importante saber quais são as reais consequências e riscos.

Eu não vou comentar os casos recentes de invasão de privacidade (através de roubo de fotos íntimas) ou de reveng porn, pois essas práticas são tão erradas em sua essência que, sinceramente, não cabe nenhum tipo de discussão ou argumentação.

Eu quero falar sobre as informações diárias de sua vida que são compartilhadas aos poucos, sem que você note. Aqueles almoços ou confraternizações com seus amigos que você, voluntariamente, decidiu abrir mão de vivenciar o momento para alimentar seu perfil ou aplicar filtros e editar (na hora), aquela foto espetacular do evento e que “não podia esperar”.

Exposição Digital – Riscos

Sem entrar no mérito de que “só se vive uma vez” e que o seu presente é o passado do futuro, é importante entender que se expor traz riscos. Através de uma análise dos hábitos digitais de uma pessoa , com cruzamento de dados em diversas redes, é possível descobrir informações como:

  • Membros da família;
  • Local de trabalho e até de moradia;
  • Locais preferidos para lazer;
  • Melhores amigos e animais de estimação ;
  • Interesses e hábitos pessoais;
  • Opiniões polêmicas sobre diversos temas.

Você acha que eu estou exagerando né?
Que tal dar uma olhadinha nos dois vídeos que eu separei abaixo sobre os “videntes 2.0”.


E ai, ainda acha que vale a pena compartilhar sua vida inteira na internet?
Lembre-se que daqui a pouco o Google Glass, e similares, estarão disponíveis para toda a população,proporcionando uma facilidade, ainda maior, de consulta de dados e reconhecimento biométrico.

Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *