Como começar a estudar marketing digital

O Marketing mudou e ninguém tem dúvidas. Em um mundo onde o Mobile First domina, começar a estudar Marketing Digital é apenas o início para você entender e poder trabalhar nessa área. Nesse meio, destacam-se aqueles que sabem combinar a teoria com a prática.

Como começar a estudar marketing digital
Foto de Nicolas LB | Unsplash

A verdade é: não importa a sua área de atuação, o Marketing vai estar presente. Pense em uma empresa de qualquer segmento. Vamos pensar em uma fábrica de embalagens, por exemplo. A empresa pode ter seus clientes fixos e garantir uma receita apenas suficiente por mês. Agora, se utilizar técnicas de Marketing Digital aliadas às tradicionais de Vendas, seus resultados poderão ser ainda melhores.

Outro exemplo pode ser: você começou a fazer brigadeiros para ganhar uma renda extra. Para divulgar, criou uma fanpage no Facebook e um perfil no Instagram. Depois pensou em criar um canal no YouTube onde pode ensinar algumas receitas. Para alcançar um público maior, precisou criar um Face Ads para o público próximo de você.

Em outros termos, são todas as ações em meios digitais, não só a internet, para a divulgação de produtos. Através dessas formas de comunicação que uma empresa pode fazer para conquistar novos clientes e relacionar-se com os antigos.

Você está por dentro de assuntos como SEO, e-mail marketing, inbound…? Esses são apenas alguns conceitos desse universo. Então, por que estudar Marketing Digital?

Por que estudar Marketing Digital?

As faculdades ensinam marketing, muitas vezes, como parte da grade curricular de outros cursos. É o caso de Administração e da Comunicação Social, tanto em Jornalismo como em Publicidade e Propaganda, por exemplo. Isso falando em graduação. Existem também os tecnólogos, como Gestão de Marketing.

Como começar a estudar marketing digital
Curso de Formação em Google Marketing na M2BR Academy com Ricardo Marsili | Foto Pablo Luquez

“Um dos grandes desafios de quem faz ou fez faculdade de marketing é acompanhar as transformações do mercado. Isso porque a burocracia estatal imposta às universidades e centros de ensinos torna as coisas mais lentas do que o necessário. Para fazer qualquer alteração em uma grade curricular é preciso ter autorização do Ministério da Educação, e isso não pode ser feito o tempo todo”, opina o CEO do Grupo M2BR, Ricardo Marsilli.

O que todos esses cursos têm em comum? Muita teoria. Como são formações regulamentadas pelo MEC, precisam seguir uma ementa e programa aprovados. Como a maioria dos cursos superiores costuma ser, há muita teoria e pouca prática. Que os alunos acabam ganhando durante o estágio ou emprego.

Como em toda profissão, quanto mais estudar melhor. Sim, no marketing não é só prática, é também muita teoria! Calma, mas vocês não acabaram de falar que as faculdades são muito teóricas?

As faculdades costumam ser muito teóricas sim. Porém, bons profissionais de marketing são aqueles que se dedicam à prática, mas sem esquecer da teoria. E manter-se atualizado é essencial, já que as mudanças são cada vez mais constantes e velozes.

Exemplo disso são as regras do Google para rankeamento de matérias. Ou o algoritmo do Facebook para a exibição orgânica de posts. Ou ainda a revelação do Instagram de como seu algoritmo funciona e exibe as imagens no seu feed. Se você leu sobre todas essas regras há, digamos, seis meses, é bom verificar novamente. Certamente mudanças já aconteceram.

Viu o quão rápido as coisas podem acontecer em tão pouco tempo? E citamos apenas alguns exemplos. Talvez o principal motivo do porquê você deveria estudar Marketing Digital é manter seus conhecimentos atualizados. Assim, aplicá-los em seu negócio ou na empresa para a qual você trabalha vai ficar muito mais fácil e também mais assertivo.

Como estudar Marketing Digital?

O profissional de Marketing Digital precisa ter uma série de habilidades. De uma maneira geral, engloba entender todas as ações possíveis em canais digitais para divulgar uma marca ou vender um produto / serviço. Um bom profissional é aquele que enxerga todo o processo: anúncios, mídias sociais, conteúdo e e-mail, por exemplo.

Entender o básico é fundamental para ter um bom desempenho na carreira. Vale ressaltar que o trabalho do marketing online é feito por um time, em que todos os membros e áreas devem ter sinergia para atingirem o resultado esperado com o projeto.

Depois de ter contato com todas essas funções e entender como funcionam, é hora de buscar aquela área que você mais se identificou e especializar-se. E algumas das áreas em que os profissionais de Marketing Digital podem atuar, e consequentemente as áreas que você pode estudar, são:

1 . Mídias Sociais

Mais do que saber postar ou fazer um texto engraçadinho. Um profissional de mídias sociais precisa entender os conceitos e o funcionamento de cada uma das redes sociais. Além disso, saber diferenciar seu público em cada uma é importante para ajudar a direcionar a linha de produção e identidade do seu conteúdo.

Formação em Mídias Sociais | M2BR Academy
Aula de Facebook Marketing na M2BR Academy com Luis Paulo Silva | Foto Pablo Luquez

Mais do que isso, é preciso entender como funcionam os anúncios, os posts patrocinados, em cada uma das mídias. Análise de dados é também essencial. Ou você pode acabar gastando toda a sua verba de mídia em anúncios no Facebook quando seu público passa mais tempo navegando no Instagram, por exemplo. O que você só saberia se tivesse mapeado seu público e analisado os resultados.

2 . Planejamento Estratégico de Marketing

Parece bem óbvio, mas não é todo mundo que trabalha com um Planejamento de Marketing. E sem um, é quase um tiro no escuro. Se você quer garantir bons resultados – e vender seu produto – deve começar pelo seu plano estratégico.

Fazem parte da etapa de planejamento o desenho do briefing, com todo o escopo do projeto que está em desenvolvimento; uma análise de mercado para não acontecer de investir tudo em um canal, quando seu público nem está nele, por exemplo; a análise de mercado vem junto da definição do público-alvo, porque saber com quem você está falando é mais do que essencial.

Outros pontos incluem a análise da concorrência, a sazonalidade, seu mapa de posicionamento e, principalmente, os objetivos da campanha. Tudo isso consta no Planejamento Estratégico de Marketing. E um bom plano traçado é um dos fatores que ajudará a garantir o resultado desejado.

3 . Marketing de Conteúdo

Dentro do Marketing Digital existem duas grandes formas que funcionam para a divulgação de seu produto ou serviço: de maneira paga, através de Adwords ou anúncios nas mídias sociais, por exemplo, e organicamente, através do conteúdo. O trabalho em Marketing de Conteúdo envolve todo o processo de produção para o alcance orgânico.

A definição de pautas é feita com base em objetivos previamente determinados, metas e KPIs. O profissional deve ter conhecimento também em como realizar uma auditoria de conteúdo, verificando se está com o tom adequado, seguindo uma linha editorial e voz da marca. Os formatos de conteúdo devem também atender a cada etapa de funil, visando a aumentar o ROI.

Quem atua nesse segmento deve também entender da gestão de conteúdo, seguindo um calendário editorial em todo o processo de produção. Esse processo só termina com a promoção do conteúdo e análise dos relatórios com insights do que pode ser otimizado e o que funcionou.

4 . Monitoramento e Métricas

Sim, quem trabalha com Marketing Digital precisa entender de números e saber analisar dados. Produzir relatórios com os números de toda a campanha faz parte do escopo deste trabalho. Como fazer esse monitoramento, que nem sempre inclui apenas olhar o Analytics, é um dos grandes desafios do profissional que atua nesse segmento.

Cursos de Formação | M2BR Academy
Foto de Stephen Dawson | Unsplash

A análise, aqui, vai muito além dos dados propriamente ditos. É uma análise do público, o envolvimento que foi gerado, alcance e taxa de conversão. Aqui também você descobre quem influencia positivamente a marca para trabalhar diretamente com essa divulgação. Mas isso, só sabendo o que e onde medir e analisar.

5 . SEO

Falamos do Marketing de Conteúdo e de alcançar o público organicamente através desse conteúdo, sem precisar pagar por um anúncio. Para isso acontecer, o profissional precisa entender de otimização para motores de busca, o famoso SEO.

Não é um bicho de sete cabeças e nem um termo técnico usado apenas pela galera do Desenvolvimento. SEO envolve essencialmente a equipe de Conteúdo e, consequentemente, o Marketing. Como você vai querer que seu artigo apareça na primeira página de resultados de busca no Google, se não está otimizado para SEO?

SEO na Pratica | M2BR Academy
Foto de Edho Pratama | Unsplash

Para fazer a correta análise, existem termos que podem ser otimizados no próprio conteúdo, assim como na arquitetura do site. Conhecer os fatores de rankeamento e como um usuário buscaria seu conteúdo fazem parte do trabalho nessa área do marketing.

6 . Mídia online

Você sabe o que são links patrocinados, leilões simplificados, palavras-chave e correspondências, formas de pagamento…? Esses são apenas alguns dos termos que envolvem as campanhas de Adwords, tanto em Pesquisa como em Display. Não sabe o que são esses dois conceitos? Então você realmente precisa estudar Marketing Digital na área de mídia.

Mídia aqui falamos de anúncios e não as mídias sociais, cuidado para não confundir os dois termos. O profissional cuida dos anúncios em redes de pesquisa e de display, remarketing, conversão, redes de pesquisa e de display, índice de qualidade; anúncios dinâmicos, entre outras atribuições.

Onde estudar Marketing Digital?

Turma de Estratégia de Marketing Digital | M2BR Academy
Turma de Estratégia de Marketing Digital | M2BR Academy

Mesmo que você esteja na faculdade de Marketing ou Comunicação, pode não estar sabendo muito o que fazer com todos os conceitos e teorias aprendidos. E na hora de arrumar o primeiro estágio ou emprego, destacam-se aqueles que conseguem ter alguma experiência prática no currículo.

Por isso, aqui na M2BR Academy focamos em formações completas, que combinam teoria a muita prática para os estudantes e profissionais da área. Nas novas turmas presenciais de Formação em Mídias Sociais e Formação em Google Marketing, o conteúdo programático abrange todos os principais tópicos exigidos para quem quer começar a estudar Marketing Digital e entrar no mercado de trabalho com um bom diferencial.

 

 

SaveSave

SaveSave

SaveSaveSaveSave

SaveSave

Save

Save

SaveSave

SaveSave

SaveSave

SaveSave

SaveSave

SaveSave

SaveSave

SaveSave

SaveSave

SaveSave

SaveSave

SaveSave

A M2BR Academy acredita na evolução do ensino pela realização prática do conhecimento teórico, por isso temos uma metodologia própria desenvolvida sobre PBL (Problem Based Learning), adotado pelas melhores escolas e cursos. Somos entusiastas e realizadores, assim como nossos parceiros e compartilhamos o saber para a formação de um mercado profissional, dinâmico, criativo e inovador dentro do segmento de marketing e mídia digital.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *