RD on the Road 2017: Como otimizar suas campanhas de Email Marketing?

Categorias Artigos, Conteúdo, E-mail Marketing, Marketing Digital

RD-on-the-Road-2017-Como-otimizar-suas-campanhas-de-Email-Marketing-Blog-da-M2BR

Eduardo Tavares é parte do time da Resultados Digitais como Customer Success Team Leader, e no RD ele mandou a real sobre os Emails Marketing.

Se você acompanhou os posts anteriores, já leu sobre a Resultados Digitais. A empresa focada em Marketing Digital levou diversos conteúdos irados para o RD on the Road 2017 e, nesse post, vamos te contar tudo sobre a apresentação do Edu Tavares.

Você sabia que um trabalhador comum recebe cerca de 121 emails por dia?
E que ele passa cerca de 6 horas diárias checando esses emails?

Outros dados também impressionam:

88% checam emails pelo smartphone
50% abrem a caixa de entrada inclusive durante as férias
70% veem emails enquanto assistem televisão
42% leem emails inclusive na tranquilidade do banheiro
(Fonte: Radicati Group)

São 269 bilhões de emails disparados todo mês. Desse mar de comunicados virtuais, 188 bilhões, cerca de 70%, vão parar nas caixas de spam.

Para quem ainda não entende bem como um email vai parar na caixa de spam, aqui vai uma explicação bem rápida: spam significa sending and posting advertisement in mass (enviar e postar publicidade em massa). É como são classificados os emails entendidos como sem propósito, não-solicitados, desnecessários. As caixas de email evoluíram e são constantemente atualizadas para mostrar o que é importante, te liberando de ver todos aqueles comunicados comerciais que insistem em vender algo que você não está realmente interessado.

Mas voltando: você sabe se os emails da sua empresa geram o resultado esperado?

Sabe se parte da receita gerada é fruto do disparo desses emails?

Como transformar suas campanhas de Email Marketing em uma fonte de receita?

  • Planejamento
  • Execução
  • Análise

1 – Planejamento

Persona

Comece pela Persona. As personas são personagens fictícios que te mostram hábitos de consumo, preferências, têm informação demográfica, social, entre outras características mais profundas, ou seja, criar as personas do seu negócio não é o mesmo que identificar seu público-alvo. As personas são essenciais para o entendimento da sua comunicação, pois são o modelo a partir do qual você vai formular sua linguagem e selecionar o que vai dizer.

Resumindo, a persona ajuda a determinar o que você vai falar, como vai falar, auxilia na construção de estratégias e também no entendimento da demanda, ou seja, quais informações interessam a essa persona?

Jornada de Compra

O próximo passo do seu planejamento é o entendimento da Jornada de Compra. Seu potencial cliente pode estar em diferentes estágios da jornada, são eles: aprendizado e descoberta do produto/serviço, reconhecimento do problema, consideração da solução e decisão de compra. Na primeira etapa, aprendizado e descoberta, é quando o cliente está sendo apresentado ao seu produto/serviço. Por isso, para localizar e encantar esse novo público, é preciso investir numa comunicação personalizada e ter timing de conteúdo. Vamos falar melhor sobre isso a seguir.

Saiba mais no e-book: Introdução ao Inbound Marketing!

Segmentação

01-Planejamento-de-Email-Marketing-Personalizacao-Blog-da-M2BR

O terceiro passo do planejamento é a Segmentação. Enviar um email sobre gatinhos fofos para alguém que não se interessa por esse assunto é um desperdício de tempo e dinheiro, além da sua marca correr o risco de ser capturada pela temida caixa de spam. Assegure-se que a sua base de envio está interessada no conteúdo que você vai enviar.

Sempre que possível, dispare comunicações feitas especialmente para o cliente. Emails com o assunto personalizado têm 26% mais probabilidade de serem abertos e a taxa de cliques aumenta em cerca de 14%. O principal: emails personalizadas têm taxa de conversão 6 vezes maior. Use o nome do cliente, algo que se relacione com seu emprego, área profissional, hobbies ou qualquer outro termo certeiro.

Frequência

Depois da segmentação, preocupe-se com a Frequência. Algumas pessoas têm dúvidas como: três emails marketing por dia é muito? Um disparo semanal é pouco?

A resposta pode ser um pouco frustrante: varia. Utilize ferramentas organizacionais, como o Trello, e monitore o volume de comunicações que sua empresa quer fazer. Monitore também o resultado dos disparos e, aos poucos, entenda o que sua base deseja. A internet disponibiliza uma série de ferramentas gratuitas e premium que podem te ajudar no start dos planos de disparo de email. Estude bastante para fazer a melhor escolha.

Base

Em seguida, pense na sua Base. Já adiantamos: não compre base de email. Não há qualquer garantia que os emails vendidos são de pessoas interessadas no seu negócio. Caso seu email seja entregue para um público não-relevante, as chances de se tornar um spam aumentam consideravelmente. Base gerada é o segredo nada secreto, por mais que a conquista da base desejada demore um pouco mais que o esperado. Acredite, persista, é o melhor caminho. Há diversas tipos de anúncio e landing pages que te ajudarão a acelerar esse processo.

Ferramentas

Invista nas Ferramentas. Há ferramentas de disparo de email, de limpeza e organização da sua base, organização do fluxo e produção de conteúdo. Explore as possibilidades e automatize parte do processo para ganhar tempo e investir em outras melhorias. Dicas de ferramentas: SafetyMails, Trello, mail-tester.

2 – Execução

São três os passos da preparação para disparo da campanha: objetivo, duração e oferta, sendo a “oferta” o benefício direto, “o que ganho com isso?”.

Texto do E-mail

02-Execucao-de-Email-Marketing-Assuntos-Curtos-Blog-da-M2BR

Na execução, atente-se ao texto. Foque na produção de textos claros e objetivos. Use imagens e ícones ilustrativos para substituir trechos de texto, se necessário. Crie assuntos interessantes, é ele que faz seu email ser aberto, e também curtos, com cerca de 35 caracteres.

Use Emojis

03-Execucao-de-Email-Marketing-Usar-emojis-no-email-Blog-da-M2BR

Preocupe-se com o layout do seu email. As cores usadas, a disposição de um banner, texto e imagens. O entendimento da comunicação tem que ser simples e rápido para o leitor não desistir e passar para o próximo. Não tenha medo de usar emojis. Os pequenos desenhos coloridos são ótimos para transmitir emoções, dar leveza ao texto e informalidade.

Configure o Preheader

04-Execucao-de-Email-Marketing-Usar-preheader-no-email-Blog-da-M2BR

O preheader é o texto que vem logo depois do assunto. Personalize-o e aproveite o espaço para adiantar parte da comunicação daquele email de forma breve. Seduza o leitor. Um preheader bem feito aumenta a taxa de abertura dos emails em 5%. Parece pouco? Não é.

Call to Action (CTA)

Não deixe o melhor pro final. Leve o botão de conversão para o início do email. Por que não? Se o potencial cliente for fisgado pelo assunto do seu email e pelo título do banner, o botão logo no início da comunicação é uma boa. Além disso, cerca de 60% das pessoas não rolam o email. O que aparece no alto é o que a maioria verá.

Outros CTA (Call to Actions) podem aparecer ao longo do texto, mas é importante não se perder. Caso você tenha muitos objetivos, divida os emails. Assim, sua comunicação fica mais certeira e as mensagens mais curtas.

3 – Análise

Emails disparados, parabéns! Mas a missão não acabou. É essencial ver como seus emails performaram e isso é possível através das métricas.

Com a ferramenta Sender Score é possível ver a taxa de entrega dos seus emails.

Depois, analise a abertura. Leve em conta a segmentação, assunto e histórico. Acompanhando dessa forma, você poderá fazer as melhorias necessárias para aumentar ainda mais a porcentagem de abertura.

05-Analise-de-Email-Marketing-Cliques-nos-Emails-Blog-da-M2BR

Em seguida, monitore os cliques. Com esses dados será possível corrigir texto, layout, expectativas e o volume de cliques por URL.

Saiba mais no E-book – Guia Definitivo de Métricas e indicadores de performance no e-mail marketing!

É possível mapear os assuntos que interessam cada cliente através dos cliques que eles fizeram em cada email. Atualize periodicamente a sua segmentação e entregue mensagens certeiras. Há ferramentas à sua disposição.

Por fim, a análise do objetivo principal: a conversão. A ação realizada após o clique no email, por exemplo, a venda de ingressos e o preenchimento de um formulário.

06-Plajenamento-de-Email-Marketing-Blog-da-M2BR

A Resultados Digitais disponibiliza uma ferramenta de métricas para email marketing e você pode conferi-la aqui.

CTA-Curso-de-Email-Marketing-na-Pratica-M2BR-Academy

A M2BR Academy acredita na evolução do ensino pela realização prática do conhecimento teórico, por isso temos uma metodologia própria desenvolvida sobre PBL (Problem Based Learning), adotado pelas melhores escolas e cursos. Somos entusiastas e realizadores, assim como nossos parceiros e compartilhamos o saber para a formação de um mercado profissional, dinâmico, criativo e inovador dentro do segmento de marketing e mídia digital.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *